Projeto da Emef Dona Augusta recebe premiação no Salão UFRGS Jovem

DSC09333

Turma do 5º ano foi a Porto Alegre nesta sexta-feira buscar o certificado e aproveitou para compartilhar experiências e adquirir novos conhecimentos

Alunos do 5º ano da Escola Municipal de Ensino Fundamental Dona Augusta tiveram uma manhã especial nesta sexta-feira, dia 30 de setembro. Eles foram a Porto Alegre para participar da solenidade de encerramento e premiação do XVII Salão UFRGS Jovem, também visitaram o museu da Universidade e curtiram a viagem.

Motivo da ida à Capital do Estado foi o projeto "Quem tá na chuva não quer se molhar!", que conquistou o prêmio Destaque na categoria Ciências da Natureza e suas Tecnologias. O trabalho foi desenvolvido por toda a turma, sob orientação da professora Tatiana Cristina Padilha de Oliveira, da Aprendizagem Criativa.

Além do projeto premiado, outros dois trabalhos da Emef Dona Augusta foram classificados e apresentados no Salão: “Anu branco: o melhor ajudante que um bairro pode ter”, do 3º ano da professora Daiana Vanessa Birk; e “Asa que não voa, mas que incomoda!”, também do 5º ano, sob orientação do professor titular da turma, Wesley Machado.

Também representaram Campo Bom no XVII Salão UFRGS Jovem, mas não chegaram à etapa final, os vídeos “Doação de órgãos e tecidos”, da Emef – Escola Municipal de Ensino Fundamental Lúcia Mossmann; e “Cada gota conta”, da Emef Rui Barbosa.

O PROJETO DESTAQUE

O projeto "Quem tá na chuva não quer se molhar!" surgiu da necessidade de reduzir o número de faltas nos dias de chuva. Percebido o problema, os alunos passaram a reciclar guarda-chuvas danificados, que foram transformados em capas de chuva. A professora orientadora do projeto conta que o número de faltas em todas as turmas era algo preocupante em dias de chuva, pois muitos não tinham guarda-chuvas ou os que tinham estavam estragados. Além de resolverem o problema da falta às aulas, os alunos também perceberam, na busca pela “matéria-prima” para a confecção das capas, a quantidade excessiva de materiais jogados fora na comunidade. A confecção das capas, desde o recorte, alinhavo e costura, envolveu todas as turmas da escola, em destaque o 5º ano que, devido ao seu forte engajamento ensinou às crianças menores a arte do corte e costura, promovendo a autonomia e tornando os alunos os principais agentes da construção do seu conhecimento.

O SALÃO UFRGS

O Salão UFRGS Jovem tem como objetivo incentivar a investigação científica no contexto educacional, oportunizar a integração entre a universidade e comunidade escolar, fomentar atividades de cunho científico e tecnológico para alunos e professores e divulgar as pesquisas realizadas pelos estudantes.

 

Para a secretária de Educação e Cultura de Campo Bom, Simone Schneider, é motivo de orgulho ver os trabalhos de alunos da rede municipal rompendo as fronteiras do município. “Mais uma vez, trabalhos desenvolvidos nas nossas escolas mostram a qualidade do nosso ensino. Isso é o resultado da dedicação dos nossos profissionais e da visão da Administração Municipal que não mede esforços para oferecer sempre uma qualidade de ensino que faça a diferença. “O Salão UFRGS Jovem é um evento em nível estadual e a participação destacada da nossa rede municipal nos enche de alegria e mostra que estamos no caminho certo, investindo sempre mais nas nossas crianças e adolescentes”, diz a secretária.

Confira mais fotos


Imprimir