Campo Bom faz desinsetização para controle do Aedes aegypti

Mesmo promovendo inúmeras ações de combate à pandemia pelo novo coronavírus, a Prefeitura de Campo Bom não esqueceu de agir para evitar a circulação do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, chikungunya e zika. A fim de evitar a circulação do inseto é realizada, uma vez por mês, uma desinsetização em 17 pontos fixos do município. A ação do mês de junho ocorreu nesta segunda-feira (29) com a aplicação de larvicida em locais públicos de área verde. Não há nenhum caso de dengue confirmado no Município, portanto a medida é preventiva. A Prefeitura realiza ainda, de 15 em 15 dias, ações em locais estratégicos, em que Agentes de Combate a Endemias (ACEs) do Município visitam pontos da cidade que possam ter água acumulada. “O Programa Nacional de Controle da Dengue (PNCD), determina que precisamos ter pontos estratégicos na cidade, como cemitérios, depósitos de carro, ferros-velhos ou qualquer lugar que possa ter água acumulada. A gente verifica esses locais, faz a orientação e elimina os depósitos de água”, explica a coordenadora da Vigilância Ambiental de Campo Bom Mariana Land. 

Crédito de foto: Gabriel da Silveira/PMCB

Tags