Centro de Referência do Coronavírus contabiliza mais de 28 mil atendimentos

Estrutura montada pela Prefeitura completa dez meses de funcionamento no dia 21 de janeiro

Estrutura montada pela Prefeitura completa dez meses de funcionamento no dia 21 de janeiro

A Prefeitura de Campo Bom desde o início da pandemia do coronavírus age fortemente no combate a sua disseminação com foco na saúde de seus moradores. Para isso, em 21 de março de 2020, a Administração Municipal implantou o Centro de Referência do Coronavírus de Campo Bom, um espaço que atende moradores com sintomas gripais. Nestes quase dez meses, foram realizados 28.133 atendimentos.

O Centro de Referência é um serviço exclusivo para centralizar o atendimento a pacientes adultos com síndromes gripais. Atende 24 horas por dia pessoas acima de 12 anos de idade. Quando se tratar de atendimento pediátrico até 12 anos de idade a família deve buscar o Hospital Lauro Reus (HLR).

A orientação da Secretaria Municipal de Saúde continua sendo que as pessoas com sintomas leves permaneçam em casa para o devido isolamento domiciliar e as que tiverem sintomas de moderados a graves busquem o Pronto Atendimento 24 Horas (PA). O hospital e as demais unidades básicas de saúde seguem funcionando normalmente para os demais atendimentos, exceto para pacientes que apresentarem sintomas respiratórios e gripais que estão centralizados no PA.

Avalie os sintomas

São sintomas leves do coronavírus: febre baixa, coriza, tosse e dor de garganta.

São sintomas graves do coronavírus: tosse forte e persistente, febre alta e dificuldade para respirar.

Onde funciona

O Centro de Referência do Coronavírus de Campo Bom funciona junto ao Pronto Atendimento, que desde setembro passou a atender no prédio do Caps, na Rua Araújo Lima, 180, ao lado do Hospital Lauro Reus.

Atendimento no Hospital

Para bem atender a comunidade, visando um ambiente preparado para o acolhimento de pacientes que deem entrada com quadros respiratórios em decorrência da Covid-19, o Hospital Lauro Reus conta com 47 leitos: oito de semi Unidade de Terapia Intensiva (UTI); cinco de UTI; 30 clínicos; e quatro leitos pediátricos.

“Sempre estivemos atentos à saúde da população de Campo Bom, mais ainda agora com a pandemia, e temos uma estrutura especial para esse atendimento. Temos que nos preocupar com a Covid e pedimos que a população continue fazendo a sua parte não abrindo mão de usar álcool gel, máscara, lavar as mãos e evitar aglomeração. Precisamos um esforço extra de todos que continuem a fazer o máximo”, recomenda o prefeito Luciano Orsi.

Foto: Gabriela Michels/PMCB

Tags