Emoção e criatividade na abertura da 37ª Feira do Livro de Campo Bom

Primeiro dia do evento foi de grande movimentação no Complexo Cultural do CEI. Visitação é aberta até domingo

Primeiro dia do evento foi de grande movimentação no Complexo Cultural do CEI. Visitação é aberta até domingo

Um dia muito especial para a comunidade de Campo Bom. Nesta quarta-feira (24), logo cedo, no início das atividades da 37ª Feira do Livro, houve grande frenesi da garotada nas livrarias, com o manuseio dos livros na retomada presencial do evento. E assim foi o dia inteiro: escolhe um título aqui, comenta um livro com os coleguinhas, ali. Tudo isso entre apresentações artísticas, horas do conto e espetáculos teatrais.

Foi-se a manhã e foi-se a tarde, do primeiro dia. E quando se imaginava que já havia acontecido tudo, o que já seria bastante, veio a solenidade de abertura. Solenidade lembra formalidade. Mas não foi bem assim... A abertura era oficial, é verdade, mas informal, crivada de emoções e mais atrações artísticas que mostraram todo do empenho e determinação da Administração Municipal para que a Educação, em Campo Bom, seja verdadeiramente de qualidade e diferenciada.

A secretária Simone Schneider não escondia seu contentamento por tudo que presenciou ao longo do dia. O Patrono da Feira, professor José Edimar de Souza se emocionou e “contagiou” a todos lembrando de sua trajetória que o mostra, desde menino, sempre apaixonado pela leitura e pela Educação. O presidente da Câmara Municipal, Alexandre Hoffmeister, reconheceu o esforço da Prefeitura em valorizar cada vez mais a Educação, ele ressaltou que o Legislativo também tem incentivado a leitura e convidou a comunidade a visitar sua biblioteca. O deputado Issur Koch prestigiou o evento, até porque é escritor e foi colega do patrono. Também estiveram na solenidade o vice-prefeito Paulo Gomes, além de vereadores, secretários municipais, demais autoridades e comunidade em geral.

Em seu pronunciamento, o prefeito Luciano Orsi ressaltou empenho constante da Administração para que a Educação local seja referência e constante no município. “A volta da Feira do Livro presencial, com todas as suas atrações, mostra o cuidado que temos com a qualidade de vida da comunidade. E isso com certeza passa pela qualidade da educação”, disse o prefeito.

A 37ª Feira do Livro de Campo Bom segue até domingo (28), no Complexo Cultural do CEI. Nesta quinta (25), e sexta-feira (26), o horário de visitação vai das 8 às 18 horas; sábado (27), e domingo (28), das 13h30 às 19 horas. A feira é uma promoção da Prefeitura, por meio da Secretaria de Educação e Cultura (Smec), com parceria do SESC.

Programação

Quinta-feira - 25/11

13h30 e 14h30, na Biblioteca Pública: hora do conto, com Rosane Castro;
14h30, na Sala de Cinema: encontro com o autor Henrique Schneider;
14h, no Auditório Marlise Saueressig: espetáculo teatral “Macbeth e o reino sombrio: Shakespeare para crianças”;
17h, no pavilhão da feira: Tributo à Educação, Ciência e Tecnologia.

Sexta-feira - 26/11

8h15, 9h15, 13h30 e 14h30, na Biblioteca Pública: hora do conto, com Vitória Wingert;
8h30 e 10h, na Sala de Cinema: encontro com o autor Caio Ritter;
8h45 e 14h, no Auditório Marlise Saueressig: espetáculo teatral “De La Mancha - Cavaleiro Trapalhão”.

Sábado - 27/11

14h30, no pavilhão da feira: espetáculo teatral “Maria Bonita”;
15h30, no pavilhão da feira: intervenção artística Fanfarra;
17h, no pavilhão da feira: Encontro de Corais.

Domingo - 28/11

15h, no pavilhão da feira: encontro musical com Ana e Jefe;
16h, no pavilhão da feira: pocket show e bate-papo com Thedy Corrêa.

Foto: Fernando Santos/PMCB

Tags